André França
art world - Berlin




Com esta quarta série, "art world - Berlin", o projeto “art world” aborda agora os três maiores centros do mercado de arte do mundo ocidental - Nova York, Londres e Berlim -, trazendo São Paulo como contraponto de um mercado emergente.

Iniciado em Nova York em 2009, este projeto realiza um estudo sobre as fachadas das galerias de arte de importantes centros do mercado de arte mundial. A perspectiva investigada aqui é aquela da relação entre as configurações arquitetônicas das fachadas das galerias e a maneira como uma determinada cultura/cidade relaciona-se com a arte, com o mercado e com o público em geral, numa perspectiva simbólica passível de leitura nas fachadas das galerias.

As galerias de Berlim, à semelhança daquelas de Londres, se caracterizam por amplas fachadas de vidro (fachadas inteiras ou portas e janelas de vidro transparente) que permitem ver desde a rua o espaço expositivo, as obras em exposição, as pessoas trabalhando, estabelecendo-se assim como espaços amigáveis e convidativos, onde se pode entrar com leveza - quando comparamos com a experiência de Nova York. Além disso, esta "transparência" das galerias de Berlim se traduz ainda numa atmosfera (e numa experiência) mais relaxada, mais "cool" de visita às galerias - menos formal, quando comparamos com a experiência de Londres.

Polípticos aproximam e sublinham semelhanças de características e estruturas encontradas nas fachadas de diferentes galerias.



Esta série fotográfica é resultado de residência artística
realizada em Berlim (dez/2013 - jan/2014) com o apoio
do Goethe-Institut Salvador.